Qual é o seu caminho na blogosfera?

Esse artigo foi escrito pelo Jota Fagner do Mídias e Modos para a Edição 6 da Revista Blogosfera.

Uma recente pesquisa realizada por uma empresa de publicidade digital mostrou que no Brasil 69% dos internautas que lêem blogs buscam entretenimento. A pesquisa foi realizada com 80 milhões de pessoas. Sendo que 43% desses mesmos usuários possuem nível superior.

A pesquisa também mostrou que apenas 1% das pessoas que lêem blogs estão interessadas em cultura e 2% estão voltadas ao conteúdo… er… digamos… adultos (se controlem, por favor!).

Isso significa que blogs voltados para a educação estão fadados ao fracasso? Não. Absolutamente, não. É possível criar conteúdo voltado à educação, à divulgação cultural, ao esporte ou a qualquer assunto que você queira. A prova disso é que – segundo a pesquisa – apenas 2% dos que lêem blogs se dizem interessados em pornografia. Não é preciso dizer que pornografia gera grana.

Mas, caso você não esteja interessado em trabalhar no campo da pornografia e o seu blog não seja apenas de entretenimento, o que fazer para conquistar seu espaço na imensa blogosfera?

Para responder a isso teremos que entender que, aquilo que muitos blogueiros fazem hoje, é o que chamamos, em jornalismo, de cozinhar textos.

Calma, eu explico: Dentro do jornalismo existe a função de repórter. O repórter é aquele que vai à rua, que conversa com as pessoas, que entrevista, que checa os fatos. Para resumir, vamos dizer que o repórter faça também a redação do texto. Então, ele traduz para seus escritos aquilo que viu, que ouviu, que leu. Esse texto é escrito em linguagem simples e direta para que qualquer um possa compreender na primeira leitura.

Muitos blogueiros fazem todo esse trabalho de reportagem – reportar, aqui, pode ser entendido como relatar aquilo que viu, ouviu, etc. – mas, muitos apenas pegam os textos desenvolvidos em sua maioria pelos grandes veículos e reescrevem em suas palavras.

qual é o seu caminho na blogosfera

Esse ato de reescrever o texto com suas palavras é o que chamamos – em jornalismo – de cozinhar. Alguns blogueiros cozinham o texto das reportagens de grandes veículos, outros cozinham apenas o texto de release (termo que vem do inglês, utilizado para designar notas distribuídas ao jornal impresso, ao rádio, à televisão etc., para divulgação gratuita).

Aí, você pergunta: entre os blogueiros só existem os articulistas (que escrevem artigos), os repórteres e os que cozinham textos?

Quer continuar lendo esse artigo? Então faça o download da Edição 6 da Revista Blogosfera, é inteiramente grátis.

Aprenda a fazer MUITAS vendas no Hotmart, todos os dias, sem investir em anúncios pagos

Gustavo Freitas

Problogger, Professor universitário e Consultor em desenvolvimento e monetização de blogs. Saiba mais no Gustavo Freitas.Net.

Website: http://revistablogosfera.com.br

4 Comentários

  1. Muito interessante seu ponto de vista sobre “cozinhar o texto”. Afinal, a grande maioria das notícias são transcrições de outras, que já vimos.

    Contudo, é bom quando a pessoa consegue interpretar o que lê e transforma o texto numa leitura mais fácil ao novo leitor.

    Paz e Sucesso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *