Como analisar a concorrência do seu nicho?

Você já deve ter aprendido muito conteúdo em diversos cursos sobre Marketing Digital e pode ter ficado confuso com tanta informação, sem saber por onde começar. Alguns afirmam que deve-se criar conteúdos de qualidade. Realmente isso é a pura verdade!

Mas além de escrever conteúdos de qualidade, você deve estar sempre antenado nos seus maiores concorrentes, ou seja, deve estar sempre realizando a análise da concorrência do seu mercado de atuação.

Por isso, reuni algumas dicas sobre como busco me organizar nessa análise de mercado e a respeito do conteúdo que irei escrever em meus artigos.

Como analisar a concorrência do seu nicho?

Dica 1: Planejador de Palavras-Chaves e Ubersuggest

Se você tem alguma dúvida do assunto que deseja escrever no artigo do seu blog, analise as ideias que o Ubersuggest irá oferecer. Observe que poderá copiar (ctrl + c) as sugestões e colar direto no Planejador de Palavras-Chaves para ver qual a média de buscas mensais.

O ideal é que busque por palavras-chaves de cauda longa, pois terá menor concorrência. Por isso, busco opções com em torno de 1000-2000 buscas mensais. Mas você deve estar se perguntando: “poxa, mas serão poucas visitas diárias se eu conseguir ficar na primeira página!” Sim! Mas o pulo do gato é usar outras palavras-chaves que chamamos de variações. Então, use variações das palavras-chaves ao longo do artigo.

Dica 2: Pesquisar DA, PA e Backlinks dos Concorrentes

Antes de começar a escrever seu artigo, analise se as palavras-chaves escolhidas deixarão seu artigo na primeira ou segunda página do Google. Verifique na busca exata do Google pela palavra-chave pesquisada. Veja como são os PAs, DAs e Backlinks dos concorrentes. Veja como estão as métricas do seu blog para analisar mais ou menos como ficará o seu posicionamento para a palavra-chave desejada. O ideal é que não fique com posicionamento maior que na quarta página, pois irá demorar um pouco para alcançar a primeira página. Isto é, até que suas métricas mudem com o aumento de seus backlinks e a autoridade do seu blog. Costumo usar o MozBar para obter essas métricas.

Dica 3: Analisar quais os Backlinks dos Concorrentes

Com o tempo começará a perceber quem são seus maiores concorrentes, na maioria das palavra-chaves que escolher. Se você estiver iniciando, deverá melhorar as métricas de seu blog realizando Guest Posts ou até mesmo comentários em outros blogs. Lembre-se que as métricas ensinadas pelas autoridades mais conhecidas em SEO no país são a proporção de 80% links dofollow e 20% nofollow.

Para quem não entende muito o que seriam links dofollow, pode-se entender como os links do Guest Post. Um exemplo é quando você escreve por convite de algum blog e lá no seu artigo citam, através de um link, o seu blog. Os links nofollow são comuns aos comentários realizados em blogs, mas lembre-se que este caso somente é interessante quando há possibilidade de inserir seu site/blog.

Então, o que você irá fazer é analisar os backlinks dos concorrentes. Pesquisar quais os blogs que eles fizeram comentários e Guest Posts. Mas você deve estar se perguntando: por onde começar?

Na realidade as melhores ferramentas são pagas, mas há algumas opções gratuitas muito boas para começar a realizar este trabalho. Uso o Open Link Profiler e Backlink Watch.

Se você quiser analisar como estão os links que apontam para seu site deve ir no Webmaster Tools do Google. Na opção Tráfego de Pesquisa, clique em “Links para seu site” e lá poderá visualizar todos os links externos apontando para seu blog. De início aparecerá somente os domínios e se quiser saber em detalhes onde exatamente estão estes links, clique na opção “Mais” que se encontra no final dos links e aparecerá mais opções e a parte de cima, outra opção “Downloads de mais amostras de links”. Você irá baixar uma planilha em Excel onde aparecerá em detalhes as páginas internas dos domínios que estão com link para seu blog.

Com o tempo, você irá conquistar mais backlinks, com os artigos que estará escrevendo, e aumentando aos poucos a autoridade do seu blog. Com isso estará conquistando melhores posicionamentos para os artigos de seu blog nos buscadores. Por isso, será cada vez mais fácil enfrentar a concorrência. Mas tudo isso não é da noite para o dia e exige muita dedicação. Então, mãos a obra!

Até breve!

Fonte: Imagem Pixabay.

Aprenda a fazer MUITAS vendas no Hotmart, todos os dias, sem investir em anúncios pagos

Cristiane Gouget

Sou formada em Economia e mestrando em Economia Empresarial e apaixonada por assuntos relacionados ao Empreendedorismo Digital e Finanças Pessoais. Autora dos Blogs: Experts Digitais e Guarde Dinheiro.

Website: http://expertsdigitais.com.br

5 Comentários

  1. Muito show suas dicas.

    Obrigado por compartilhar.

    Uma sugestão: com sua experiência você poderia indicar algumas ferramentas PAGAS e com maiores vantagens.

    Um abraço.

  2. Marilucia Santos

    Parabéns Cristina!!! Super dicas, vou compartilhar este seu artigo.

  3. Ótimo artigo. Feliz de ser sua parceira aqui na Revista Blogosfera! Cada dia aprendemos mais e mais!

    • Bebel é uma honra estar no meio de feras como você e Gustavo Freitas! Grande abraço! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *