Dicas de SEO: Links internos e Links externos

Quando comecei os estudos em SEO há alguns meses, não sabia que deveria ter alguns cuidados que poderiam prejudicar meus blogs. Aprendemos em cursos de SEO que há mais de 200 fatores de rankeamento e todos os grandes mestres em SEO são quase unanimes em dois aspectos: conteúdos de qualidade e quantidade de backlinks.

Mas como conseguir links de uma forma natural? Natural por natural, o correto seria não fazer nada e somente por escrever conteúdos de qualidade outros sites apontariam para o seu, correto? Mas na prática isso não é bem o que ocorre e muitos criam links internos e externos buscando cada vez mais otimizar seus blogs para conseguir melhores posicionamentos pelo Google e assim conseguir Tráfego Orgânico.

Como conseguir links naturais demora tempo e vamos fazer a verdade: muito tempo mesmo! O ideal é chegar a um meio termo. Mas como conseguir links sem exagerar na dose?

Pensando nisso, relacionei algumas dicas que tenho estudado, conversado com amigos feras em SEO e aplicado em meus projetos.

Dicas de SEO: Links internos e Links externos

dicas de seo links internos e links externos

1- Guest Post e Comentários

Esta é a forma mais comum de realizar SEO offpage, ou seja, conseguir backlinks. Mas há alguns cuidados que alguns não observam como variar o texto âncora. Mas você pode estar se perguntando: o que é texto âncora?

Texto âncora é o texto em que se passar o mouse por cima aparecerá seu link. É comum textos âncoras com palavras como: clique Aqui. Então, o texto âncora é a palavra aqui, pois há um link nela.

Então, você irá buscar realizar comentários em blogs do seu nicho e além disso que tenha campo para preencher seu site e nome. O cuidado que deverá ter é variar o texto âncora entre: seu nome, seu nome e sobrenome, nome do seu blog. Coloque o link do seu blog ou do artigo que está planejando em ganhar mais autoridade. O mesmo princípio se aplica ao Guest Post.

Lembrando que sempre é interessante conseguir links em comentários e guest posts na razão 30/70. Ou seja a cada 3 links que conseguir em comentários, seria interessante ter também 7 links de guest posts. Por que sabemos do peso de links dofollow.

O que vemos hoje explodindo no Brasil? Muitas pessoas realizando Black Hat SEO e na realidade essas prática de SEO, nada mais são que realizar linkagem de sites de autoridade para seu mini-site. Links dofollow e muito mais fáceis que realmente escrever artigos e publicar em sites de autoridade. Mas os riscos são bem maiores e envolve várias estratégias para não deixar rastros para o Google.

2 – Links Internos e Links Externos

Recentemente descobri que devemos ter cuidados com links externos e links internos. Mas por que? Por que na medida errada o Google poderá penalizar, pois identificar como práticas indevidas. Até então pensava que poderia ter links internos a vontade, pois são meus links e qual o problema? Mas não é bem assim…

Na realidade deve ter alguns cuidados como não inserir muitos links internos no seu artigo. Outro cuidado é que deve sempre indicar que esses links são nofollow. Então, como fazer isso?

Nos links internos (agora não uso muitos e no máximo 2 links) ao invés de Visual, clique em Texto e lá logo no final do link que aparece: simplesmente adiciono a seguinte expressão (observe que antes do rel tem um espaço): rel=”nofollow”

Qualquer dúvida é só verificar como ficou o link da palavra Aqui acima através do código fonte desta página: ctrl + u e procure o link lá e veja onde aparece essa expressão.

Então os links internos devem ser indicados com nofollow, mas os links externos?

Tinha o hábito que fazer várias linkagens externas, justamente pensando em enriquecer o texto, mas não tinha pensando em um único cuidado: linkjuice. Alguns especialistas alertaram a possibilidade de estar passando o suco do meus projetos que estão iniciando para outros sites de mais autoridade.

Mas o que significa linkjuice? Neste exemplo para ficar claro, se um projeto está começando a autoridade do domínio ainda é baixa e ao indicar sites externos nos artigos, você estará perdendo um pouco do seu suco, ou seja, perdendo um pouco da sua autoridade, pois está passando para outros sites.

Qual a solução neste caso? Pode até mesmo citar outras fontes, desde que é óbvio com moderação e cuidando para sempre fazer do mesmo recurso acima, indicar o link como noffolow. Esta solução ainda não é garantia que não perderá seu suco, mas é a melhor solução apontada por alguns especialistas em SEO.

3 – Quantidade de Palavras

Essa dica não está relacionada a links, mas a SEO propriamente dito e talvez ajude ainda mais com esta dica que honestamente aprendi há pouco tempo e é de extrema importância. Há um debate acirrado dizendo que quantidade de palavras em SEO não é válido por que não tem lógica.

Realmente podemos escrever um conteúdo de qualidade e escrever em 200 palavras, por exemplo e passar a nossa mensagem. Sem enrolação! Mas recentemente ouvi de algumas pessoas muito conhecidas que quantidade de palavras importa sim. Pensei: “mas como assim?”

Pois é, vamos entender um pouco a lógica disso e teste para ver se irá funcionar com você em seus projetos. Ao que parece o Google em seus vários fatores de rankeamento está avaliando a quantidade de palavras do texto. Perceba isso realizando uma simples ação.

Vamos supor que a palavra-chave que deseja trabalhar em algum artigo seu seja: “como ganhar dinheiro”, então você irá digitar estas palavras-chaves e irá analisar os 10 primeiros links que aparecerá na busca orgânica do Google para esta palavra-chave.

Veja nesses 10 links qual a quantidade de palavras tem cada texto desses em que aparece na primeira página. Vamos supor que percebeu que possuem mais de 800 palavras. Então, você irá elaborar seu artigo com um pouco mais de palavras e digamos que escreva com 1000 palavras. Assim estará conquistando espaço de igual para igual. Simples assim!

O que achou destas dicas? Compartilhe sua experiência e deixe seu comentário.

Até breve!

Fonte: Imagem Pixabay.

Aprenda a fazer MUITAS vendas no Hotmart, todos os dias, sem investir em anúncios pagos

Cristiane Gouget

Sou formada em Economia e mestrando em Economia Empresarial e apaixonada por assuntos relacionados ao Empreendedorismo Digital e Finanças Pessoais. Autora dos Blogs: Experts Digitais e Guarde Dinheiro.

Website: http://expertsdigitais.com.br

1 Comentário

  1. Olá, Um dos melhores site que eu já visitei foi esse aqui, realmente fornece informações e dicas fantásticas sem blá blá blá, muito bom este artigo bem explicado e bem detalhado….. estou aprendendo bastante….

    Parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *